Etiópia proíbe adoção de crianças por estrangeiros

© AFP 2022 / GULSHAN KHANProtestos antigovernamentais na Etiópia
Protestos antigovernamentais na Etiópia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O congresso da Etiópia aprovou o banimento de adoções feitas por estrangeiros no país.

Os congressistas justificaram a medida por receio de maus tratos às crianças após serem levadas para fora do país.

A aprovação aconteceu após um debate considerado raro no congresso etíope, em que os deputados alegaram que o país pode não ter centros para acolhimento de crianças que consigam suportar os efeitos do banimento.

Participantes se reúnem para a foto da 28ª sessão ordinária da Assembleia da União Africana, em Adis Abeba, na Etiópia, na segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 (AP Photo/Mulugeta Ayene). - Sputnik Brasil
Combate à corrupção será tema da próxima cúpula da União Africana
Nos Estados Unidos, a nação africana está entre as 10 mais escolhidas para adoção de crianças, segundo dados divulgados pelo Departamento de Estado norte-americano, em 2017.

Em novembro de 2017, os Estados Unidos notaram que as autoridades da Etiópia estavam restringindo as adoções, e notificaram o país de que seu Departamento de Estado continuaria o contato com o país para "enviar suas preocupações".

A nova política nacional infantil da Etiópia diz que órfãos devem crescer em sua terra natal, honrando assim suas tradições e cultura.

A atriz Angelina Jolie está entre os casos mais conhecidos de estrangeiros que adotaram crianças etíopes.

As informações são da agência Associated Press.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала