FBI inicia uma nova investigação contra Hillary Clinton

© AFP 2022 / SAUL LOEBEx-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, defende-se de acusações sobre sua responsabilidade pelos ataques mortais na missão dos EUA na Líbia perante os Republicanos, na abertura de inquérito dos partidários de propaganda anti-Clinton, 23 de outubro de 2015
Ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, defende-se de acusações sobre sua responsabilidade pelos ataques mortais na missão dos EUA na Líbia perante os Republicanos, na abertura de inquérito dos partidários de propaganda anti-Clinton, 23 de outubro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O FBI iniciou uma nova investigação contra a ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, por controvérsias sobre a Fundação Clinton.

O FBI procura esclarecer se a Fundação Clinton esteve envolvida em atividades ilegais durante a permanência de Hillary Clinton na administração dos EUA. Os agentes tentam investigar se os doadores da organização receberam apoio do Estado, além de averiguar se a instituição cumpriu a legislação tributária.

Caminhão com inscrição Wikileaks - Sputnik Brasil
Campanha de Trump pretendia obter dados sobre Clinton com WikiLeaks
Até o momento, Hillary Clinton ou representantes da Fundação não comentaram as investigações em andamento.

O FBI realizou uma investigação entre 2015 e 2016 para averiguar um possível vazamento de informações secretas através do servidor de e-mail privado usado por Clinton enquanto ocupava o cargo de secretária de Estado.

A entidade descobriu que mais de cem de e-mails continham informações confidenciais e descobriram que Clinton havia excluído inadequadamente cerca de 30.000 emails.

As notícias sobre a investigação contra Clinton afetaram sua popularidade na véspera das eleições presidenciais de 2016, na qual ela saiu derrotada pelo republicano Donald Trump.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала