Cientistas alertam para um dos 'efeitos mais graves' da atividade humana sobre o ambiente

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensSuperfície do oceano (imagem ilustrativa)
Superfície do oceano (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Especialistas asseguram que os oceanos perderam 2% do seu oxigênio neles existente, um elemento fundamental para a sobrevivência da vida marinha e do ciclo biogeoquímico natural.

Turbilhão de água no oceano - Sputnik Brasil
Misteriosos turbilhões de água se juntam no oceano com força incrível
As zonas dos oceanos completamente desprovidas de oxigênio quase quadruplicaram nos últimos 50 anos, revela um novo estudo publicado na quinta-feira (4) na revista Science.

Segundo a investigação realizada pelo Global Ocean Oxygen Network (GO2NE, sigla em inglês), um grupo de trabalho da ONU, os oceanos perderam cerca de 2% do seu oxigênio dissolvido — o elemento fundamental para a sobrevivência da vida marinha e do ciclo biogeoquímico natural entre os seres vivos e o ambiente.

De acordo com os cientistas, as causas de esgotamento do oxigênio são a contaminação, as mudanças climáticas e a atividade humana, sendo que esta última é o principal responsável.

Ao mesmo tempo, a autora principal do estudo, Denise Breitburg, sublinha que a desoxigenação dos oceanos é um dos "efeitos mais graves" da atividade humana sobre o meio-ambiente.

'Zonas mortas'

Águas do mar - Sputnik Brasil
Descoberta a mais rara 'zona da morte' dos oceanos no Golfo de Bengala
O aquecimento da superfície dos oceanos torna mais difícil a penetração do oxigênio nas suas profundidades, enquanto o aquecimento geral dificulta a manutenção do oxigênio no interior.

Este fenômeno também fez aumentar quase dez vezes o número de "zonas mortas" — áreas oceânicas incapazes de suportar qualquer vida marinha — principalmente nas regiões do litoral. Já hoje há vários informes sobre o surgimento de áreas sem quaisquer traços de vida, que atingem 160 quilômetros de comprimento.

Soluções locais

A contaminação do oceano por águas residuais e o vazamento de fertilizantes, que estimula o crescimento de algas, é considerada uma das razões de esgotamento do oxigênio nas zonas ao redor do litoral.

Não obstante, ao contrário da maioria dos desastres ligados com as mudanças climáticas, o problema da redução do volume de oxigênio pode ser resolvido através de medidas locais, tais como o melhoramento dos sistemas de esgoto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала