Escavações em Israel provocam discussões bíblicas sobre 'governador' de Jerusalém

© REUTERS / Nir EliasSelo com marca raríssima que foi descoberto durante escavações na Cidade Velha de Jerusalém no dia 1º de janeiro de 2018
Selo com marca raríssima que foi descoberto durante escavações na Cidade Velha de Jerusalém no dia 1º de janeiro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um selo com marca extremamente rara, descoberto em Jerusalém, dá forças à teoria bíblica de que 2.700 anos atrás a cidade tinha um governador, comunica a mídia israelense.

Escavações (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Foi encontrado um grande 'armazém' de objetos e ferramentas pré-históricas (FOTOS)
Encontrado durante escavações perto da Praça do Muro das Lamentações na Cidade Velha de Jerusalém, o pequeno artefato de argila foi descrito no manuscrito judeu antigo como "pertencente ao governador da cidade", escreve o portal The Times of Israel.

"Trata-se da primeira vez que este selo é encontrado em escavações autorizadas. Ele dá força à explicação bíblica sobre existência de um governador de Jerusalém 2.700 anos atrás", disse o escavador Dr. Shlomit Weksler-Bdolah.

"A Bíblia menciona dois governadores de Jerusalém, e esta descoberta revela que tal posição foi de fato ocupada por alguém na cidade 2.700 anos atrás", continuou.

De acordo com a Bíblia judaica, Josué foi governador da cidade durante o governo do Rei de Judá, Ezequias, e Maaseiah ocupou o cargo nos tempos do Rei Josias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала