Arábia Saudita intercepta míssil de grupo rebelde do Iêmen

© AFP 2022 / MOHAMMED HUWAISMilitantes armados leais aos rebeldes houthis, Sanaa, Iêmen, 20 de junho de 2016
Militantes armados leais aos rebeldes houthis, Sanaa, Iêmen, 20 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um míssil balístico disparado pelo grupo rebelde houthi no Iêmen contra a Arábia Saudita foi derrubado nesta quinta-feira (30), informou o canal saudita al-Arabiya.

É o segundo projétil vindo do Iêmen interceptado neste mês pelos sauditas. O primeiro projétil foi derrubado nas proximidades do aeroporto Rei Khaled, na capital Riad. 

Uma coalizão liderada pela Arábia Saudita luta contra os rebeldes houthis no Iêmen e fechou todas as fronteiras do país sob a alegação de interromper o fluxo de armas do Irã para os rebeldes. Mas o bloqueio também cortou as importações de alimentos para sete milhões de pessoas à beira da fome.

Refugiados em centro de recepção para imigrantes em Roszke, na Hungria, em 4 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Segunda onda de refugiados pode varrer a Europa em breve, diz diretor da ONU
Os houthis e as milícias leais ao ex-presidente Ali Abdullah Saleh já dispararam dezenas de mísseis contra o território da Arábia Saudita durante a guerra civil de dois anos e meio que atinge o país. A agência de notícias dos rebeldes afirmou que o míssil mais recente atingiu seu "alvo militar com precisão".

A Arábia Saudita e seus aliados, que recebem ajuda logística e de inteligência dos Estados Unidos, acusam os houthis de representarem os interesses do Irã.

A coalizão saudita no Iêmen já lançou milhares de ataques aéreos contra os houthis, que ainda controlam muitos dos principais centros de população do Iêmen, incluindo a capital Sanaa e o porto estratégico de Hodeidah.

O conflito é responsável por uma das piores crises humanitárias do mundo e matou pelo menos 10 mil pessoas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала