'Hulk russo': Rússia elabora drone de carga pesada multifuncional

CC BY 2.0 / ackab1 / Veículo aéreo não tripulado (imagem ilustrativa)
Veículo aéreo não tripulado (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O jornal britânico The Daily Mail publicou a matéria com manchete sobre "Hulk russo" dedicada ao novo drone de carga pesada Skyf.

Um drone russo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Conquistando céu sem parar: Rússia cria novo drone 'inteligente' (VÍDEO)
Segundo informa o jornal, o Skyf foi desenvolvido pela empresa russa ARDN Technology. Esse drone é capaz de voar durante oito horas, alcançar a velocidade de 70 km/h e percorrer distâncias de até 350 km com cargas de 50 kg. Entretanto, a carga máxima do novo veículo é de 250 kg.

O Skyf pode transportar cargas, realizar operações de resgate e participar de trabalhos de agricultura. 

Neste contexto, o ex-coronel e analista militar do jornal russo Komsomolskaya Pravda, Viktor Baranets, comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik esse novo avanço da Rússia.

Segundo opina o especialista, o novo drone de carga pesada terá capacidades multifuncionais: "é evidente que o drone Skyf, terá destinação tanto militar como civil". 

Drone (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Novo drone de combate Tikad tem capacidades nunca antes vistas! (VÍDEO)
Ao falar sobre o desenvolvimento de VANT (veículo aéreo não tripulado) na Rússia, o analista lembrou que anteriormente, o país não teve capacidades de desenvolver seus próprios drones, por esta razão "decidiram adquirir drones de um país que lidera nessa área. Trata-se de Israel". No entanto, "os drones israelenses se tornaram muito frágeis. Em baixas temperaturas, por exemplo, na Sibéria, ocorre um mau funcionamento de mecanismos elétricos".

Finalmente, destaca o analista militar, a Rússia entendeu que é vital "buscar seus próprios meios e modelos, utilizando suas tecnologias — para conseguirmos criar um drone nacional".

Quanto à área militar, Baranets indicou que "o drone de carga pesada será utilizado para realizar ataques de alta precisão contra alvos inimigos". Assim, "isso contribuirá significativamente para aumentar as capacidades de combate do nosso Exército", sublinhou.

"Sim, é realmente um grande passo para frente [da Rússia]", finalizou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала