Não apenas petróleo: Rússia aumenta exportações além de matérias-primas

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensLada XRAY en una feria en Moscú
Lada XRAY en una feria en Moscú - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As exportações russas de bens e serviços aumentaram 19% nos primeiros nove meses de 2017. Essa cifra é mais do dobro das previsões anuais, que se situavam em sete por cento, de exportações não relacionadas com matérias-primas.

Centro Internacional de Negócios de Moscou Moscow City, Rússia - Sputnik Brasil
Rússia bate recorde em produção inovadora
No final do ano, espera-se que a cifra final triplique o que foi projetado inicialmente.

Entre os setores líderes estão a indústria automobilística, a maquinaria pesada e o setor agrícola, com um aumento médio de 30% das exportações, enquanto as vendas ao exterior da indústria ferroviária cresceram 40%, revelou ao canal russo RT o diretor-geral do Centro Russo de Exportações, Pyotr Fradkov.

Em 24 de novembro foi realizado em Moscou o V Fórum Internacional de Exportações "Feito na Rússia", no âmbito do qual os principais produtores do país trocaram planos e experiências de seu acesso ao mercado global.

"Propomos metas muito ambiciosas para os próximos períodos. Entendemos que em 2018 devemos alcançar um nível de exportações não relacionadas com matérias-primas de cerca de 27 bilhões de dólares [R$ 87 bilhões] Não se trata apenas de bens e serviços, mas também de turismo, educação e saúde", explicou Fradkov.

Exibição de veículos em Moscou (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Rússia apresentará seu primeiro veículo controlado pela força do pensamento (FOTOS)
Entre os principais compradores de produtos russos se encontra a China, com um aumento de 32% nas importações. Geralmente se trata de produtos alimentícios – óleos, sorvetes, soja e doces, mas também há vendas de bens de consumo, produtos infantis e, por mais estranho que pareça, produtos manufaturados, como roupa ou calçado.

Entretanto, Pyotr Fradkov advertiu que ainda é demasiado cedo para celebrações e que esse aumento se deve principalmente às baixas posições iniciais que a Rússia tinha no comércio global. Para reverter essa situação, o país deve mostrar um crescimento mínimo de sete por cento anual até 2025. "Só assim poderemos dizer que cumprimos nosso objetivo", disse ele. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала