Futuro terrível: aquecimento global pode levar a mais erupções vulcânicas

© AFP 2022 / Giovanni IsolinoVulcão em erupção (foto de arquivo)
Vulcão em erupção (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O aumento da temperatura planetária está provocando o degelo dos glaciares, o que, por sua vez, está ligado a uma maior atividade vulcânica.

Vulcão Popocatépetl no México - Sputnik Brasil
Vulcão mexicano atinge atividade extrema depois de anos de repouso (VÍDEOS)
Um estudo encabeçado por cientistas da Universidade de Leeds (Reino Unido) sugeriu que o degelo dos glaciares, que é uma das consequências do aquecimento global de nosso planeta, impacta o nível da atividade vulcânica. Os pesquisadores publicaram um estudo na revista científica Geology, informou o site da universidade britânica.

Em seu trabalho, os cientistas revelaram que na Islândia, quando o território do país coberto de glaciares era mais extenso, o nível de atividade vulcânica era mais baixo. Entretanto, à medida que várias dessas formações geladas derreteram, o número de erupções aumentou.

Para chegar a essa conclusão os cientistas examinaram a cinza vulcânica islandesa preservada em depósitos de turfa e sedimentos lacustres. A análise lhes permitiu identificar um período de atividade vulcânica reduzida, entre 5.500 e 4.500 anos atrás. 

Esse período ocorreu depois de uma importante diminuição da temperatura, que causou o crescimento dos glaciais. Os cientistas creem que esse aumento da camada de gelo "tranquilizou" os vulcões. 

Os pesquisadores apontam como explicação as alterações causadas pelo derretimento do gelo na pressão sobre a superfície do nosso planeta.

Vulcão em erupção (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Catástrofe para o mundo se supervulcão de Yellowstone entrasse em erupção hoje
"Quando os glaciares recuam, a pressão sobre a superfície da Terra se reduz. Isso pode fazer aumentar o derretimento do manto, bem como afetar o fluxo e a quantidade de magma que a crosta terrestre pode suportar", explicou um dos autores do estudo, Ivan Savov, professor da Universidade de Leeds.

"Mesmo pequenas mudanças da pressão superficial podem alterar a probabilidade de ocorrerem erupções em vulcões cobertos de gelo", acrescentou o especialista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала