Golpe no Zimbábue: partido de Mugabe pede sua renúncia

© AFP 2022 / ZINYANGE AUNTONYRobert Mugabe discursa em 4 de novembro
Robert Mugabe discursa em 4 de novembro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O partido do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, pediu sua renúncia nesta sexta-feira (17).

Robert Mugabe, presidente do Zimbábue, é visto em 17 de agosto de 2008 - Sputnik Brasil
Vice-presidente deposto do Zimbábue formará governo de transição
Membros de 8 dos 10 comitês da União Nacional Africana do Zimbábue foram à emissora de televisão ZBC pedir a saída do presidente do poder. Além disso, o principal jornal do país, The Herald, relatou que a agremiação já pediu que Mugabe e a primeira-dama, Grace, entreguem seus cargos. 

O partido pretende realizar uma reunião extraordinária dentro de 48 horas para discutir os últimos acontecimentos.

Na quinta-feira, o ex-primeiro-ministro Morgan Tsvangirai já havia pedido a renúncia de Mugabe — que dirige o pais de 16 milhões de habitantes há 37 anos.

Os militares detém o presidente de 93 anos em prisão domiciliar desde o início da semana, mas negam estar derrubando Mugabe. Já a União Africana classifica os acontecimentos como um golpe de Estado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала