Chefe do Pentágono designa condição para saída das tropas norte-americanas da Síria

© AFP 2022 / DELIL SOULEIMANForças dos EUA na Síria (foto de arquivo)
Forças dos EUA na Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos não planejam sair da Síria até que as negociações sobre o país em Genebra alcancem sucesso, declarou o chefe do Pentágono, James Mattis.

Sede do Pentágono em Washington, EUA - Sputnik Brasil
Pentágono: ONU permitiu aos EUA combater na Síria
O secretário de Defesa estadunidense sublinhou que tal decisão ainda não foi tomada.

"Isso não significa que todas [as tropas] permanecerão no país. Mas também não significa de modo algum que determinadas tropas sairão", acrescentou.

Segundo ele, Washington está disposto a fazer todo o possível para regular o conflito diplomaticamente, pois é preciso resolver o problema dos refugiados.

Os Estados Unidos atacam na Síria as posições do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia), mas sem permissão das autoridades do país. No país árabe permanecem algumas centenas de agentes de forças especiais norte-americanas que ajudam à milícia local.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала