Embaixador russo: inscrição do RT na lista de agentes estrangeiros é passo hostil dos EUA

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensEmbaixador da Rússia nos EUA, Anatoly Antonov
Embaixador da Rússia nos EUA, Anatoly Antonov - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A pressão dos EUA sobre o canal russo RT América para se inscrever como agente estrangeiro foi um passo hostil, declarou o embaixador da Rússia nos EUA, Anatoly Antonov.

Redatora-chefe do RT, Margarita Simonyan, durante a reunião sobre o bloqueio dos anúncios do RT e Sputnik - Sputnik Brasil
Guerra dos EUA contra mídia russa não parará após RT se registrar como agente estrangeiro
Horas antes, o Departamento de Justiça dos EUA confirmou que o RT é registrado como agente estrangeiro de acordo com a Lei de Registro de Agentes Estrangeiros (FARA, na sigla em inglês) datada de 1938.

"Hoje (14), fomos testemunhos de que o RT foi obrigado a se inscrever como agente estrangeiro […], o que consideramos como um passo hostil", disse o diplomata aos jornalistas.

Antonov ressaltou que a liberdade de imprensa é "um dos direitos fundamentais tanto dos cidadãos norte-americanos, como dos russos".

"Se uma pessoa tem uma opinião, então tem o direito de expressá-la", declarou ele.

O Departamento de Justiça dos EUA exigiu que o RT América fosse registrado como "agente estrangeiro" até 13 de novembro, avisando que se o canal não o fizesse, seu diretor poderia ser preso e todas as contas da companhia congeladas.

O presidente russo, Vladimir Putin, no sábado (11) na cúpula da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) anunciou que de fato os EUA optaram pelo caminho de bloquear a mídia russa no seu território e prometeu "uma resposta adequada e simétrica" em relação a isto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала