Parlamentares russos consideram instalar base militar em Cuba para conter EUA

© Sputnik / Vitaliy BelousovRegião russa comemora aniversário de libertação dos nazistas
Região russa comemora aniversário de libertação dos nazistas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A instalação de uma base militar russa em Cuba serviria para conter um possível aumento da agressividade dos Estados Unidos. Moscou também precisa analisar a possibilidade de sua Marinha voltar para o Vietnã - com a autorização das autoridades locais - afirmaram congressistas russos ouvidos pela Sputnik.

"A instalação de uma base russa em Cuba no contexto dos Estados Unidos intensificarem sua agressividade serviria aos interesses da segurança nacional. Eu acredito que sob a condição da continuada tensão no mundo e franca intervenção nos assuntos domésticos de outros países — aliados históricos da Rússia — nosso retorno para a América Latina não está excluído. Claro, isto deve ser coordenado com os cubanos", afirmou o diretor do Comitê de Defesa e Segurança do Senado, Viktor Bondarev.

Edifícios destruidos em Deir ez-Zor - Sputnik Brasil
Guerra de narrativas: Ocidente relata êxodo, Rússia nega
De acordo com o parlamentar, a presença russa em Cuba antes de 2002 ajudou a contar a agressividade estadunidense e sua expansão territorial em locais considerados estratégicos por Moscou.

"Nós também devemos pensar sobre o retorno da Marinha ao Vietnã — com a permissão Governo [local]", disse Bondarev. O parlamentar, entretanto, ressaltou que estas medidas devem apenas serem tomadas caso os Estados Unidos aumentem seu nível de agressividade e expandam sua operação militar para as vizinhanças russas.

O vice-presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Senado russo, Frants Klintsevich, também ressaltou a importância da Rússia voltar a ter uma base em Cuba.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала