Coalizão árabe acusa Irã de armar houthis no Iêmen

© REUTERS / Khaled Abdullah Mulheres leais ao movimento houthi em Sanaa, Iêmen
Mulheres leais ao movimento houthi em Sanaa, Iêmen - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O rebeldes do movimento Ansar Allah (houthis), no Iêmen, receberam armamentos contrabandeados do Irã, inclusive mísseis balísticos e drones, informou o representante oficial da coalizão árabe, Turki al-Maliki.

Líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah - Sputnik Brasil
Renúncia de premiê do Líbano foi orquestrada pela Arábia Saudita, diz líder do Hezbollah
Neste sábado as forças de defesa aérea da Arábia Saudita interceptaram um míssil balístico ao nordeste de Riad. Segundo a imprensa, o projétil foi lançado por rebeldes houthis, do território do Iêmen.

Neste domingo, Donald Trump, disse que o incidente foi um ataque contra Arábia Saudita planejado pelo Irã. Teerã negou as acusações.

"O Irã abasteceu os rebeldes com todos os tipos de armamento, inclusive com drones. Os mísseis balísticos que conseguem atingir o reino e estruturas civis foram feitos no Irã. Os especialistas iranianos transmitiram aos rebeldes a tecnologia de lançamento de mísseis", citou as palavras de al-Maliki o Twitter do ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita.

Além disso, segundo as palavras do representante da coalizão, os houthis plantaram mais de 50 mil minas nas áreas de fronteira com a Arábia Saudita.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала