Embaixador 'mais radioativo em Washington' volta para Rússia?

© AFP 2022 / Brendan SMIALOWSKI O embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Sergei Kislyak
O embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Sergei Kislyak - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-embaixador dos EUA em Moscou, Michael McFaul, despediu-se de seu homólogo russo, Sergei Kislyak, sublinhando que foi um prazer trabalhar com ele, embora possuam opiniões diferentes em alguns assuntos.

"Já que o embaixador Kislyak está se preparando para deixar a embaixada russa nos EUA, eu lhe desejo muita felicidade. Foi um prazer trabalhar com ele, mesmo quando discordávamos", escreveu McFaul no Twitter.

​McFaul foi embaixador dos EUA em Moscou entre 2012 e 2014. Atualmente, é professor da Universidade Stanford e grande comentarista das relações entre os EUA e a Rússia. Segundo foi comunicado pelo MRE russo, McFaul não pode visitar a Rússia devido ao "dano consciente causado nas relações entre Moscou e Washington".

A representante oficial do MRE da Rússia, Maria Zakharova, destacou em uma das coletivas que, durante sua gestão em Moscou, McFaul mostrou "falta absoluta de competência", acrescentando que o mesmo teria contribuído para o "agravamento das relações entre os dois países".

Sergey Kislyak - Sputnik Brasil
Relações bilaterais entre EUA e Rússia podem melhorar, diz embaixador da Rússia nos EUA
Desde 2008, Sergei Kislyak tem ocupado o cargo de embaixador da Rússia nos EUA. Durante esse período, ele foi repetidamente ilustrado pela mídia norte-americana como um "propagandista da influência russa". O conselheiro de Donald Trump para a segurança nacional, Michael Flynn, pediu demissão depois de a Casa Branca anunciar que Flynn teria ocultado alguns detalhes da conversa que teve com Kislyak.

Além disso, o promotor-geral Jeff Sessions renunciou a sua candidatura de investigação sobre "as ligações com a Rússia" da equipe de Trump, quando foi descoberto que ele teria se encontrado com Kislyak quando era senador.

Nos EUA, o embaixador russo tinha fama de "espião" e chegou a ser considerado "o homem mais radioativo em Washington".

Uma fonte comunicou à Sputnik que o Comitê da Câmara Baixa do Parlamento Russo para Relações Internacionais já anunciou o nome do novo embaixador da Rússia, que ocupará o cargo antes ocupado por Kislyak, nos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала