Rússia: Coalizão dos EUA bombardeia tropas sírias e deixa terroristas escaparem do cerco

© AFP 2022 / AHMAD ABOUDCidade de Deir ez-Zor
Cidade de Deir ez-Zor - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa russo acusou a coalizão liderada pelos EUA de bombardear o exército sírio, deixando os terroristas de Daesh escaparem do cerco e reforçarem suas posições. A informação é do chefe operacional do Estado-Maior da Rússia, Sergei Rudskoy.

Fumaça liberada em ataque aéreo realizado pelas forças do governo sírio numa região da província de Daraa tomada por rebeldes, sul da Síria - Sputnik Brasil
Síria diz que ataques da coalizão liderada pelos EUA fortalecem Daesh
"Ao declarar que seu objetivo é a luta contra o terrorismo internacional, a coalizão realiza ataques contra as tropas sírias, deixa os militantes do Daesh fora das áreas de cerco, fortalecendo unidades terroristas perto de Palmira e Deir ez-Zor", diz o Estado-Maior russo. 

O Estado-Maior russo disse que a coalizão liderada pelos EUA apenas impede o avanço do Exército sírio contra os terroristas do Daesh (Estado Islâmico), realizando ataques contra as forças pró-Damasco perto de Tanf.

"No momento vemos que as ações da coalizão só impedem a derrota dos grupos do Daesh por parte das forças governamentais", afirmou Rudskoy a repórteres nesta sexta-feira (9).

Segundo ele, os militares russos não veem resultados significativos da luta da coalizão contra o terrorismo.

A coalizão internacional liderada pelos EUA realizou dois ataques contra tropas sírias em menos de um mês.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала