Trump assina ordem executiva para reconstruir Forças Armadas dos EUA

© AFP 2022 / RABIH MOGHRABIUSS Ponce da Marinha americana no Iraque (arquivo)
USS Ponce da Marinha americana no Iraque (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
"Ninguém vai questionar" que os EUA têm os melhores militares do mundo e que são a maior força para a justiça "que o mundo já viu", disse o presidente Donald Trump. Mas os EUA também querem a paz, acrescentou.

"Vou assinar um decreto para iniciar uma grande reconstrução das Forças Armadas dos Estados Unidos, para desenvolver um plano para novas aeronaves, novos navios, novos recursos e novas ferramentas para nossos homens e mulheres de uniforme", disse ele, depois de participar da tomada de posse do novo secretário de Defesa, o general James "Mad Dog" Mattis.

General aposentado da Infantaria da Marinha a candidato ao posto de Secretário de Defesa norte-americano, James Mattis - Sputnik Brasil
Secretário de Defesa dos EUA terá palavra final sobre uso de tortura, diz Trump
Trump já fez uma série de promessas para reforçar as Forças Armadas dos EUA. No entanto, do jeito que está, o país já supera, em muito, o resto do mundo em gastos militares.

"Nossa força militar não será questionada por ninguém, mas nem nossa dedicação à paz. Nós queremos a paz", declarou o magnata republicano.

O presidente também assinou uma segunda ordem executiva que determinará "novas medidas de seleção para manter os terroristas islâmicos radicais fora dos Estados Unidos da América".

"Nós não os queremos aqui. Nós queremos reafirmar que não estaremos admitindo em nosso país as ameaças mesmas que nossos soldados estão combatendo no além-mar. Nós somente queremos admitir em nosso país aqueles que apoiarão nosso país", afirmou Trump.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала