Coreia do Norte rechaça críticas da ONU sobre testes com mísseis

© REUTERS / KCNAKim Jong-un, líder de Corea del Norte
Kim Jong-un, líder de Corea del Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Informação é da estatal Televisão Central da Coreia (KCTV).

“A declaração (do Conselho de Segurança da ONU) é uma farsa dos EUA, que aumenta a tensão na península coreana. Rechaçamos inteiramente”, diz um comunicado da KCTV, citado pela TV japonesa NHK.

Kim Jong-un, durante teste com submarino da Coreia do Norte. - Sputnik Brasil
Coreia do Norte se orgulha de EUA se sentirem ameaçados por suas armas nucleares
O texto diz ainda que “ter uma potente ferramenta de ataque é uma medida de legítima defesa”.

A Coreia do Norte lançou, nesta semana dois mísseis de médio alcance Musudan, com autonomia de voo de até 4 mil quilômetros — o suficiente para alcançar Coreia do Sul, Japão e as bases dos EUA no Pacífico.

O Conselho de Segurança da ONU publicou, na última quinta-feira, uma declaração que condena os testes realizados contra resoluções do órgão.

A tensão na região voltou após a Coreia do Norte realizar seu quarto teste nuclear, no começo de janeiro, e executar vários testes de mísseis balísticos nos meses seguintes. Em Março, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade a resolução 2270, que endurece sanções a Pyongyang.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала