Todos 14 mortos em tragédia na Carélia eram crianças

Grupo de turistas na Carélia
Grupo de turistas na Carélia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com o porta-voz do Comitê Investigativo Russo, Vladimir Markin, todos os 14 mortos foram crianças entre 12 e 14 anos de idade.

Uma mulher chora em Odessa, na Ucrânia, onde mais de 50 pessoas morreram tentando escapar durante confrontos - Sputnik Brasil
EUA: Ucrânia fracassou na investigação sobre tragédia de Odessa
Mais cedo, neste domingo, foi relatado que os corpos de pelo menos 13 crianças e seu instrutor haviam sido encontrados perto do lago Syamozero, na Carélia.

“Os investigadores examinaram os corpos e chegaram à conclusão de que todos eram crianças nascidas entre 2002 e 2004. Não há adultos entre os afogados”, disse Markin.

Um grupo de turismo, composto em sua maioria por crianças, foi pego por uma tempestade no lago Syamozero na Carélia, noroeste da Rússia, segundo as autoridades.

Pelo menos cinco crianças foram levadas a hospitais locais, enquanto 25 foram levadas com vida à cidade de Petrozavodsk, capital da Carélia, segundo o Ministério de Emergências. 

Havia 47 crianças em três barcos que viraram — todas com idades entre 12 e 15 anos —, acompanhadas por quatro instrutores adultos.

O comissário russo de Direitos das Crianças, Pavel Astakhov, afirmou que a falta de coletes salva-vidas nos barcos pode ter causado a morte das crianças.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала