Moscou não aceitará status nuclear da Coreia do Norte, diz chanceler russo

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensO chanceler russo, Sergei Lavrov, durante uma coletiva em fevereiro de 2016
O chanceler russo, Sergei Lavrov, durante uma coletiva em fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou e Seul reafirmaram o compromisso com a desnuclearização da península coreana, segundo afirmou nesta segunda (13) o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

"Nós sublinhamos que tanto a Rússia quanto a República da Coreia não vão aceitar o status nuclear autoproclamado da Coreia do Norte", disse o chanceler russo. 

Lavrov acrescentou ainda que Moscou e Seul reforçaram a importância da resolução do Conselho de Segurança da ONU 2270 "nos interesses de influenciar Pyongyang, e buscarão a plena implementação [da resolução]."

Líder norte-coreano, Kim Jong-Un. - Sputnik Brasil
Kim Jong-un quer que seu país seja uma 'potência nuclear'
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, disse anteriormente que seu país iria investir na formação de especialistas militares na Universidade de Defesa Nacional com o objetivo de fortalecer o status da nação como uma “potência nuclear oriental”.

A Coreia do Norte se autoproclamou uma potência nuclear em 2005 e, desde então, já realizou três testes nucleares, em 2006, 2009 e 2013, o que lhe valeu diversas rodadas de sanções internacionais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала