ONU: ‘Ali foi campeão na luta pela igualdade’

Nos siga noTelegram
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ofereceu seus pêsames à família de Muhammad Ali, que morreu na madrugada deste sábado, com 74 anos, vítima de problemas respiratórios.

Muhammad Ali em Moscou, 15.07.1976 - Sputnik Brasil
Muhammad Ali, lenda do boxe mundial, morre aos 74 anos
“Ali era muito mais do que uma lenda do boxe, era um campeão mundial pela igualdade e pela paz que sempre lutou por um mundo melhor com seu carisma, sua genialidade e seu altruísmo”, disse Ban Ki-moon em comunicado.

O secretário destacou ainda a força de vontade, o senso de humor e a capacidade de Ali de unir as pessoas.

Após aposentar-se do boxe, Ali trabalhou como embaixador da boa vontade do UNICEF, ajudando crianças afetadas por conflitos em diferentes países e buscando a reconciliação entre nações.

“A ONU agradece o enorme apoio dado pelo maior defensor da paz no século passado”, destacou Ban Ki-moon.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала