Moscou responde crítica de Obama sobre desarmamento nuclear

© Host photo agency / Abrir o banco de imagensDmitry Peskov, porta-voz do presidente russo
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov declarou nesta quinta-feira (31) que a crítica do presidente dos EUA Barack Obama em relação à Rússia no âmbito do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF) é infundada, além de esbarrar em reclamações de Moscou sobre o descumprimento desse acordo por parte de Washington.

Pouco antes de inaugurar a Cúpula da Segurança Nuclear, que acontece hoje e amanhã em Washington, Obama exortou a Rússia a cumprir plenamente suas obrigações previstas no Tratado INF.

Primeira Cúpula de Segurança Nuclear - Sputnik Brasil
Embaixador representará a Rússia na Cúpula de Segurança Nuclear
"O lado russo continua comprometido com o Tratado INF. Reafirmamos o nosso compromisso objetivo com o Tratado INF. Consideramos quaisquer reivindicações a nós por parte dos EUA como infundadas. Por nossa vez, temos uma série de reclamações com relação ao cumprimento do Tratado INF pelos EUA. Não irei no momento citar exemplos concretos, afinal isso é assunto para especialistas" – disse Peskov respondendo à pergunta de jornalistas sobre a postura da Rússia frente ao Tratado INF e à redução de armas nucleares.

"É óbvio que temas sérios como este não devem ser discutidos por meio de troca desse tipo de declarações públicas. É um assunto a ser debatido em diálogo sério por especialistas. Mais uma vez, lamentamos constatar que carecemos hoje de oportunidade para um diálogo como este, por força de razões bem conhecidas" – explicou Peskov.

Não é a primeira vez que os EUA acusam a Rússia de descumprir o Tratado INF. Moscou, por sua vez, já deixou claro que Washington tenta polemizar a questão sem apresentar quaisquer acusações concretas à Rússia, ou sequer embasar suas declarações com quaisquer fatos. Kremlin afirma que o alarde criado pelos EUA em torno do Tratado INF visa a justificar o desenvolvimento de seus próprios programas militares e a aproximação de seus forças das fronteiras da Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала