Exército sírio extermina 70 combatentes do Daesh perto de Palmira

© AFP 2022 / JOSEPH EIDPolicial sírio protege ruínas em Palmira
Policial sírio protege ruínas em Palmira - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O exército sírio e as milícias aliadas retomaram o controle total da cordilheira de Haya, a leste de Palmira, eliminando pelo menos 70 militantes do Daesh nas últimas 24 horas, disse uma fonte no comando das Forças Armadas sírias em Palmira à RIA Novosti na quarta-feira (23).

"O destacamento Falcões do Deserto, apoiado pela Força Aérea síria e a artilharia, tomou o controle completo da cordilheira de Haya e assumiu o controle de uma encruzilhada estratégica na rodovia Palmira — Damasco — Deir ez-Zor. Cerca de 70 militantes Daesh foram mortos em um único dia", disse a fonte.

Os Falcões do Deserto são um ramo do Exército Árabe da Síria que luta do lado do governo sírio, constituída na maioria por ex-oficiais do Exército sírio, além de veteranos e voluntários. O destacamento conseguiu avançar e apoderar-se de uma parte da rodovia Damasco – Palmira, a seis quilômetros da cidade antiga. Assim, os terroristas foram privados da via de abastecimento da cidade de Qaryatayn.

Militares sírios lançam fogo da peça de artilharia D-30 contra as posições de militantes nos arredores de Palmira, Síria, 14 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Batalha por Palmira é momento crucial da guerra na Síria
A Síria está em estado de guerra civil desde 2011. O governo do país luta contra um número de fações de oposição e contra grupos islamistas radicais como o Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico”) e a Frente al-Nusra. 

Palmira tem estado sob controle do Daesh desde maio de 2015. O grupo jihadista, o que é ilegal em muitos países, incluindo a Rússia, já destruiu uma parte da cidade antiga, que é Património Mundial da UNESCO.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала