Banco Asiático de Investimentos começa a operar em janeiro

© REUTERS / Wang ZhaoCerimônia de assinatura do acordo do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura.
Cerimônia de assinatura do acordo do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pequim anunciou nesta sexta-feira (25) que o Banco Asiático de Investimentos (AIIB) estará em operação em meados de janeiro. A instituição já obteve o número de aprovações nacionais e o capital suficiente para o funcionamento.

Cerimônia de assinatura do Banco Asiático de Investimento de Infraestrutura (AIIB) - Sputnik Brasil
Acordo para criação do banco AIIB, liderado pela China, é assinado
O acordo assinado por 57 países em junho prevê que, depois de confirmado por 10 membros e de constituir mais de 50% do capital previsto, o AIIB começaria a operar. Segundo o Ministério das Finanças chinês Mianmar, Singapura, Brunei, Austrália, China, Mongólia, Áustria, Reino Unido, Nova Zelândia, Luxemburgo, Coreia do Sul, a Geórgia, a Holanda, Alemanha, Noruega, Paquistão e Jordânia já ratificaram internamente a instituição.

O presidente do banco, Jin Liqun, disse à TV chinesa que o objetivo inicial do AIIB é financiar projetos de energia, transporte e infraestrutura urbana na Ásia. Ele acrescentou que a instituição irá operar de maneira justa, aberta, eficiente e preocupada com o meio ambiente.

“Haverá tolerância zero para a corrupção. Vamos tornar o banco enxuto, limpo e verde. Nossos projetos precisar ser financeira, ambiental e socialmente sustentáveis”, frisou o presidente do AIIB.

A acordo que criou a instituição planeja um capital de US$ 100 bilhões. A China, maior doadora, tem 26% dos votos; a Índia, com 7,5%, é a segunda; e a Rússia a terceira, com 5,9%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала