Sondagem: 30% dos americanos apoiam bombardeio de cidade da Disney

© Foto / Walt Disney PicturesO palácio do Sultão do Alladin da Disney, inspirado pelo o Taj Mahal.
O palácio do Sultão do Alladin da Disney, inspirado pelo o Taj Mahal. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na quinta-feira (17) foram feitas perguntas a eleitores republicanos sobre o seu apoio aos candidatos republicanos e questões de política externa, incluindo a proibição de muçulmanos entrarem nos EUA e bombardeio de Agrabah, o reino do clássico animado da Disney, Aladdin.

A pesquisa da Public Policy Polling (PPP) revelou que quase um em cada três eleitores falhou geografia na escola, já que concordou em atacar Agrabah, enquanto 13% deles se opuseram a tal intervenção militar.

O desejo dos eleitores de bombardear um local fictício se tornou um tema muito discutido no Twitter logo depois.

Os apoiantes do candidato que lidera entre os republicanos, Donald Trump, constituem a maioria dos que promovem a ideia de bombardear o país fictício do filme da Disney (45%).

© AFP 2022 / Robyn BeckCandidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, durante o debate presidencial republicano organizado pela CNN, no The Venetian, em Las Vegas, Nevada. 15 de dezembro.
Candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, durante o debate presidencial republicano organizado pela CNN, no The Venetian, em Las Vegas, Nevada. 15 de dezembro. - Sputnik Brasil
Candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, durante o debate presidencial republicano organizado pela CNN, no The Venetian, em Las Vegas, Nevada. 15 de dezembro.

Quanto aos democratas, 19% manifestarem o seu apoio a bombardear o país fictício, mas 36% disseram que se opõem a usar armas reais.

Donald Trump, bilionário e candidato à presidência nos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Donald Trump pede a proibição de entrada de muçulmanos nos EUA
O PPP decidiu pesquisar sobre as opiniões dos americanos na sequência do recente debate focado principalmente no Oriente Médio e na ameaça de violência fundamentalista do Islã.

"Queremos ver até que ponto isto pode levar — se as pessoas apoiam de forma consciente bombardear algo que soe vagamente a Oriente Médio," disse o porta-voz do PPP Jim Williams, citado pela edição Mashable.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала