- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Tempo quente: Deputados saem no tapa na abertura de reunião do Conselho de Ética da Câmara

© Fotos Públicas / Câmara dos Deputados / Luis MacedoDeputados brigaram em reunião do Conselho de Ética da Câmara.
Deputados brigaram em reunião do Conselho de Ética da Câmara. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A reunião do Conselho de Ética da Câmara foi aberta há pouco com uma briga entre os deputados Wellington Roberto (PR-PB), aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e José Geraldo (PT-PA). A discussão começou porque Wellington achou que nesta quinta-feira (10) seria votado um requerimento para prosseguimento do processo contra Cunha.

Deputado federal Wadih Damous, do PT, do Rio de Janeiro, apoia decisão do STF em suspender processo de impeachment presidencial - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Wadih Damous: Ao paralisar processo de impeachment, STF agiu contra golpistas
O deputado José Geraldo, segundo publicou a Agência Brasil, acusou o colega Wellington Roberto de ser da “turma do Cunha” e de estar querendo “bagunça” para tumultuar o andamento do processo no Conselho de Ética. Começou então um bate-boca e os dois parlamentares tiveram de ser contidos por agentes da Polícia Legislativa da Câmara.

Após o restabelecimento da ordem, o presidente do conselho, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), classificou a briga de “espetáculo deprimente, que envergonha a casa e o Conselho de Ética”.

“Esse conselho deve ser o local da ética, do zelo e do respeito entre os seus pares, da conversa e do diálogo. Jamais isso poderá ser transformado em um ringue”, disse Araújo.

Lula e Matin Schulz. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Lula diz na Alemanha que pedido de impeachment de Dilma é “tentativa de golpe explícito”
Ainda com a polêmica sobre a escolha do relator do processo contra o presidente da Câmara, o Conselho de Ética da casa tenta nesta quinta-feira, mais uma vez, avançar na discussão que pode dar sinal verde à continuidade do processo por quebra de decoro contra Cunha.

Com a substituição, na quarta-feira (9), do relator Fausto Pinato (PRB-SP), que havia apresentado um relatório pela admissibilidade do processo, a discussão volta à fase inicial, agora com o novo relator, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), informou a Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала