Egito diz ter evitado ataque terrorista contra membros do Exército

Nos siga noTelegram
Um porta-voz do Exército do Egito informou pelo Facebook que militares do país impediram um ataque terrorista contra as forças de segurança egípcias nesta quarta-feira (17). A ação aconteceu na província do Sinai do Norte e teve um saldo de sete militantes mortos e dois esconderijos de armas destruídos.

President Mohammed Morsi - Sputnik Brasil
Ex-presidente do Egito é definitivamente condenado à morte
Pouco antes, um policial morreu e outros quatro ficaram feridos em Al-Arish, capital da mesma província. O veículo que ocupavam passou sobre uma mina terrestre e explodiu, segundo as forças de segurança do Egito.

Segundo o Exército egípcio, grupos terroristas estão trazendo vasto material bélico de Rafah para Sheikh Zuweid. O objetivo seria realizar novos ataques contra as forças de segurança do país. A região é a base de uma insurgência islâmica que desde a deposição do ex-presidente Mohamed Morsi, em 2013, já matou centenas de pessoas. O Província do Sinai é o grupo rebelde de maior influência na província. Seus militantes estão aliados ao Estado Islâmico.

Na terça-feira (16), o Egito formalizou as penas de morte e à prisão perpétua para Mohamed Morsi. O ex-chefe de Estado foi condenado em 16 de maio pela fuga em massa de uma prisão em janeiro de 2011 e por espionagem.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала