CIA pode ter violado suas próprias regras

Nos siga noTelegram
Vários médicos norte-americanos argumentam que as regras internas da CIA sobre estudos em humanos podem ter sido violadas pelo programa de rendições, detenções e interrogatórios extraordinários depois de 11 de setembro de 2001, escreve o jornal Guardian.

Memorial da tragédia de 9/11 em Nova York - Sputnik Brasil
CIA desclassifica documentos sobre tragédia 9/11
Os métodos de interrogatório muito duros da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos podem ser considerados como a violação das regras impostas pela própria CIA sobre experimentos com humanos.

Segundo o documento especial da CIA liberado sob o Ato da Liberdade da Informação (FOIA), o diretor da Agência de Inteligência Central (DCI) pode "aprovar, modificar ou rejeitar todas as propostas relativas à pesquisa em humanos."

"Há uma certa incoerência entre a exigência do presente regulamento e a realização do programa de interrogatórios. Eles não representam uma política coerente", disse o chefe da Federação de Cientistas Americanos (FAS) Steven Aftergood. O ex-diretor dos Médicos para os Direitos Humanos Nathaniel Raymond acrescentou que os experimentos com seres humanos, conforme definidos nos documentos da CIA e que incluem tortura, foram usados em supostos terroristas sem o consentimento deles.

"Se eles estavam realizando esta política quando as EIT [técnicas reforçadas de interrogatório] surgiram, eles não teriam sido autorizados a fazê-lo", disse Raymond.
Ele argumenta também que "qualquer pessoa de boa-fé" pode ver que o programa realiza experimentos com seres humanos.

James Brown torturado na prisão. - Sputnik Brasil
Veterano de guerra no Iraque sargento James Brown morreu de torturas na prisão
As práticas de tortura da CIA circulam na mídia dos EUA e têm gerado muita polémica. Elas são detalhadas em um relatório do Comitê de Inteligência do Senado dos EUA e foram estabelecidas por dois ex-psicólogos militares, James Mitchell e Bruce Jessen.

Os experimentos em seres humanos são uma das muitas potenciais violações no assim chamado Programa Contra Terrorismo da CIA, que inclui também danos intencionais a detidos e ausência de documentos que evidenciem fatos de tortura.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала