Grupo central da Conferência de Segurança de Munique se reunirá em Viena

© Foto / OSCE/Mikhail EvstafievФлаги с логотипом ОБСЕ в Вене
Флаги с логотипом ОБСЕ в Вене - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O chamado "Core Group" da Conferência de Segurança de Munique com 60 veteranos "tomadores de decisão" de todo o mundo se reunirá na capital da Áustria, Viena, nesta terça feira (16) para discutir os desafios da segurança europeia na fronteira leste da UE (União Europeia).

Donbass - Sputnik Brasil
Lavrov: escalada do conflito ucraniano pode afetar segurança europeia
Em pronunciamento anterior à realização da conferência, seu presidente, o veterano diplomata alemão, Wolfgang Ischinger, disse em coletiva que "a Crise Ucrânia demonstrou claramente que a arquitetura de segurança da Europa não é funcional".

Ischinger disse que a reunião de dois dias irá se concentrar em medidas para reforçar a "arquitetura de segurança" da Europa e "construir confiança" na região euro-atlântica. A conferência também vai discutir o quadro das futuras relações da Europa com a Rússia e abordar os desafios para a segurança energética da região.

Ao contrário da Conferência de Segurança de Munique baseada na Bavaria, as reuniões do Grupo Central têm sido realizadas em diversos locais desde seu primeiro encontro em 2009. O grupo mantém um perfil hierárquico mais baixo para permitir que os participantes tenham discussões "não oficiais" sobre políticas de segurança internacionais.

Este ano, o encontro conta com a participação de convidados como políticos de alto escalão, empresários e líderes civis, bem como uma grande delegação da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), parceira do evento.

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente da Itália, Sergio Mattarella (D) - Sputnik Brasil
Putin e Mattarella: Europa paga preço alto demais por conflito na Ucrânia
Alguns dos nomes de maior relevo que são esperados para participar da reunião 2015 incluem os líderes da Estônia e Liechtenstein, diplomatas veteranos da Eslováquia, Suíça, Áustria, Ucrânia e Rússia, uma delegação de representantes da OSCE, liderados pelo seu secretário-geral, o comissário da UE para a integração europeia, bem como dois executivos-chefes de empresas de energia com base na Áustria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала