Sonda Philae perdida reestabelece contato com a Terra

© AFP 2022 / REMY GABALDAModelo da sonda Philae
Modelo da sonda Philae - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A sonda Philae, que realiza pesquisas no cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko no quadro do projeto Rosetta, reestabeleceu o contato com a Terra, divulgou a Agência Espacial Europeia.

O presidente da Agência Espacial Nacional da França, Jean-Yves Le Gall, declarou: “Recebemos novos sinais de Philae durante dois minutos, o que representa cerca de 40 segundos de informação importante”.

"Olá, Terra! Você pode me ouvir? " diz-se na mensagem que apareceu na página oficial do dispositivo no microblog Twitter.

Em agosto de 2014 a sonda Philae entrou em órbita do cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko e, em 12 de novembro do mesmo ano, chegou com êxito à sua superfície. Mas o engenho pousou num local sombrio do cometa, o que dificultou o recarregamento das baterias através de painéis solares.

A sonda recebia luz solar por períodos de apenas uma hora e meia, enquanto para garantir o funcionamento normal de suas baterias solares é necessária uma exposição ao Sol de seis a sete horas seguidas.

O cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko foi descoberto em 1969. O engenho espacial Philae foi lançado em 2 de março de 2004 para o espaço a bordo do foguete-portador da família Ariane 5, do cosmódromo de Kourou, na Guiana Francesa.

Os cientistas planeiam com a ajuda do módulo estudar a constituição química do núcleo do cometa. Segundo eles, "no núcleo do cometa pode haver substâncias a partir dos quais foi formado o sistema solar." Tais dados poderão ser a chave para o conhecimento da origem da vida na Terra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала