Rússia pode prolongar sanções após declarações do G7

Nos siga noTelegram
A Rússia pode prolongar suas contrassanções tendo em conta as declarações do G7, declarou o chefe da administração presidencial russa, Sergei Ivanov.

Putin e Renzi na Expo 2015 - Sputnik Brasil
Putin: “O G7 não é uma organização”
"Até onde sabemos, acaba de acontecer a cúpula do G7, que prorrogou as sanções contra a Rússia. Por isso, é bastante lógico supor que a Rússia também prolongará suas contrassanções."

Os líderes do G7 decidiram na cúpula realizada nos dias 7 e 8 de junho, na Alemanha, vincular o levantamento das sanções contra a Rússia ao cumprimento dos Acordos de Minsk e endurecer as restrições caso necessário;

Segundo Ivanov, o levantamento das contrassanções russas é "extremamente pouco provável."

Cúpula do G7 em Schloss Elmau - Sputnik Brasil
Kremlin: G8 e G7 são formatos ineficazes
A guerra de sanções entre Rússia e o Ocidente começou por causa da suposta participação de Moscou na escalada da crise ucraniana e da reincorporação da Crimeia em março de 2014.

Os Estados Unidos e a União Europeia embargaram os setores petroleiro e de defesa russos e limitaram o financiamento a médio e longo prazo a vários bancos com participação pública. Também foram aplicadas restrições individuais contra certos políticos e empresários russos.

A Rússia, por sua vez, restringiu por um ano as importações alimentícias procedentes de EUA, UE, Austrália, Canadá e Noruega.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала