Irã usa caricaturas como arma contra intervenção militar

© AFP 2022 / BEHROUZ MEHRIVista geral de Teerã
Vista geral de Teerã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em 11 de junho, começará em Teerã uma exposição-concurso de caricaturas contra a intervenção militar no Iêmen.

Barack Obama, François Hollande, Benjamin Netanyahu e bombas, bombas caindo. Esta é uma das imagens da exposição internacional de caricaturas que será inaugurada amanhã na capital do Irã.

Os trabalhos expostos tratam da operação militar contra o Iêmen que a coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita está levando a cabo desde finais de março. A intensificação das atividades dos rebeldes do grupo religioso Houthi, de orientação xiita, serviu como pretexto para a intervenção, que começou logo depois da fuga do presidente do Iêmen, Abd Rabbo Mansour Hadi, à Arábia Saudita.

© Foto / irancartoon.comObra do indiano Shankar Pamarthy.
Obra do indiano Shankar Pamarthy. - Sputnik Brasil
Obra do indiano Shankar Pamarthy.

Segundo o diretor do concurso, Seyed Mas´ud Shojaei Tabatabaei, contatado pela Sputnik Persian, a exposição deve servir como um meio de conscientização dos acontecimentos no Oriente Médio:

"Poucos meses depois do início dos bombardeios, continuam sendo cometidos crimes contra pessoas inocentes, o sangue das mulheres e das crianças continua se derramando, o medo continua reinando. Aqui no Irã, nós compreendemos que deixar esta injustiça sem atenção seria também um crime, é preciso reagir. E os caricaturistas do mundo todo estão prontos para, através da linguagem visual, explicar a atual situação real no Iêmen, dizer à comunidade internacional que é inadmissível interferir nos assuntos internos nesse país. São estes os objetivos da nossa exposição-concurso".

© Foto / irancartoon.comObra do iraniano Saman Ahmadi.
Obra do iraniano Saman Ahmadi. - Sputnik Brasil
Obra do iraniano Saman Ahmadi.

"É triste saber que a mídia ocidental silencia a intervenção no Iêmen", frisou Tabatabaei, que afirma que houve um consenso entre a Arábia Saudita e os EUA para iniciar os ataques.

© Foto / irancartoon.comObra do iraniano Mahdi Rasouli.
Obra do iraniano Mahdi Rasouli. - Sputnik Brasil
Obra do iraniano Mahdi Rasouli.

"Não tenha dúvida de que a agressão saudita está sendo realizada sob o firme controle dos EUA. É bem sabido que Riad optou pelo caminho da guerra logo depois de o ministro das Relações Exteriores desse país ter se encontrado com Barack Obama e recebido a "bênção" para a agressão em relação ao Iêmen", disse.

O concurso tem duas categorias: trabalhos isolados e séries de trabalhos. O vencedor de cada categoria ganhará 1.500 dólares, o segundo lugar será remunerado com um prêmio de 1 mil dólares, e o terceiro, com 700 dólares. Entre outros países, há participantes da China, Itália, Polônia e Rússia.

© Foto / irancartoon.comObra de Hamidreza Hayyat Roshanaee.
Obra de Hamidreza Hayyat Roshanaee. - Sputnik Brasil
Obra de Hamidreza Hayyat Roshanaee.

Anteriormente, Teerã sediou uma exposição de caricaturas que ridicularizavam o Estado Islâmico.

© Foto / irancartoon.comObra do iraniano Hamidreza Hayat Roshanaee.
Obra do iraniano Hamidreza Hayat Roshanaee. - Sputnik Brasil
Obra do iraniano Hamidreza Hayat Roshanaee.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала