Presidente do Irã defende união contra inimigos

© AP Photo / Mohammad BernoHassan Rohani, presidente do Irã
Hassan Rohani, presidente do Irã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Irã, Hassan Rohani, disse nesta quarta-feira, durante uma cerimônia religiosa, que os iranianos precisam se unir em face das ameaças impostas pelos inimigos do país.

"Nós precisamos de unidade e coesão", declarou Rohani citando o Aiatolá Sayyid Ruhollah Musavi Khomeini, em evento dedicado aos 26 anos de sua morte, em 3 de junho de 1989. "O inimigo quer criar discórdia entre os diferentes grupos étnicos e religiosos… O primeiro passo é a união", completou o presidente iraniano após algumas interrupções durante o seu discurso. 

Bushehr - Sputnik Brasil
Negociações sobre o programa nuclear do Irã devem superar prazo limite

O Irã e o grupo do P5+1, formado por Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha, vêm discutindo desde 2013 a adoção de um plano para regular o uso da energia nuclear na república islâmica, acusada de ambicionar a construção de uma bomba atômica. As duas partes, que já chegaram a uma espécie de pré-acordo, tem até 30 de junho para preparar um documento oficial sobre a questão. 

As conversas entre Teerã e Washington, mais precisamente, têm sido alvo de grande pressão por parte de setores mais conservadores do Irã, que acusam os negociadores do país de ter feito concessões exageradas ao Ocidente. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала