EUA falham na detecção de bombas em 95% dos casos

© Nam Y. Huh, FileAgente da TSA confere bagagem no aeroporto de Midway, Chicago
Agente da TSA confere bagagem no aeroporto de Midway, Chicago - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Enquanto agentes da Administração de Segurança nos Transportes (TSA, na sigla em inglês) são eficientes no confisco de frascos de perfumes e hidratantes nos aeroportos, sua eficácia não é a mesma na hora de identificar pessoas que embarcam portando armas e explosivos.

Prédio do Congresso norte-americano - Sputnik Brasil
Senado dos EUA não prorroga programa de vigilância da NSA
É o que aponta um recente teste conduzido pelo Departamento de Segurança Interna (DHS). Os últimos testes na TSA foram conduzidos pelos Times Vermelhos do Departamento de Segurança Interna, compostos por agentes disfarçados que se passam por passageiros em aeroportos americanos. Seu objetivo é colocar à prova o sistema de segurança. Os Times Vermelhos carregam armas falsas e tentam passar com elas pelos pontos de controle de segurança dos aeroportos.

Os resultados mostraram um índice de falha de 95% por parte da TSA. De acordo com o relatório do inspetor geral do DHS, os agentes da TSA falharam em 67 dos 70 testes, seguidamente permitindo que integrantes dos Times Vermelhos entrassem com explosivos e armas.

Em um teste, agentes da TSA não conseguiram encontrar um explosivo preso com fita adesiva ao corpo de um integrante dos Times Vermelhos — mesmo depois de um alarme magnético disparar apontando uma irregularidade.

Senador Republicano Rand Paul concede entrevista em uma pausa durante a reunião do Senado de 31 de maio de 2015. - Sputnik Brasil
EUA suspendem espionagem de Estado, mas buscam “novas vias”
Os resultados foram tão preocupantes que o secretário do DHS Jen Johnson pediu um relatório detalhado sobre os testes no quartel-general da TSA, em Arlington, no estado americano de Virginia.

"Após ter conhecimento do relatório do inspetor geral, o secretário Johnson imediatamente ordenou à TSA que implementasse uma série de ações. Várias delas já estão sendo tomadas como resposta ao problema levantado no relatório", informou o DHS em comunicado enviado à ABC News.

O relatório também revelou que apesar dos gastos de US$ 540 milhões em equipamentos de controle de bagagem e outros US$ 11 milhões investidos em treinamento desde 2009, a TSA não mostrou melhoria alguma nesse período de tempo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала