Ministros da Defesa da Rússia e do Irã planejam discutir cooperação militar em Moscou

© Sputnik / Вадим Савицкий / Abrir o banco de imagensMinistros da Defesa da Rússia e do Irã, Sergei Shoigu e Hossein Dehqan
Ministros da Defesa da Rússia e do Irã, Sergei Shoigu e Hossein Dehqan - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa da Rússia, general Sergei Shoigu, deverá se encontrar nesta quinta-feira com seu colega iraniano, Hossein Dehqan, no âmbito da IV Conferência sobre Segurança Internacional, realizada em Moscou.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, se encontra com Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel - Sputnik Brasil
Putin a Netanyahu: mísseis S-300 do Irã não constituem ameaça
A informação sobre o futuro encontro foi divulgada à agência RIA Novosti pelo embaixador da República Islâmica na Rússia, Mehdi Sanaei.

A IV Conferência sobre Segurança Internacional será realizada em Moscou nos dias 16 e 17 de abril e o seu tema principal será: “Segurança global: desafios e perspectivas”.

Em janeiro deste ano, durante a visita de Shoigu ao Irã, foi assinado um acordo intergovernamental sobre cooperação militar de Moscou com Teerã. Em seu discurso, logo após a celebração do acordo, o ministro russo constatou um relevante desenvolvimento das parcerias entre as pastas militares dos dois países. Ele informou que, durante as negociações, os lados frisaram a importância do trabalho “prático nas relações bilaterais, de modo a promover o aumento da capacidade militar das forças armadas dos nossos países”. 

A agência Sputnik, citando uma fonte no ministério da Defesa iraniano, já informou anteriormente nesta semana que Dehqan pretende discutir as condições de venda dos sistemas antiaéreos russos S-300 ao Teerã.

Com a ratificação pela Rússia da resolução do Conselho de Segurança da ONU de 9 de junho de 2010, que estabeleceu moratória sobre venda de armamentos ao Irã, Moscou não teve condições de cumprir o contrato de venda de cinco divisões de sistemas antiaéreos S-300 com o país muçulmano. Como resposta, Irã abriu processo contra o gigante dos armamentos russos, Rosoboronexport, em Genebra, exigindo compensação no valor de 4 bilhões de dólares. O processo ainda está para ser discutido entre os dois países.   

Sistema de mísseis S-300 - Sputnik Brasil
Rússia revoga suspensão de venda de S-300 ao Irã
Na segunda-feira, dia 13 de abril, a assessoria de imprensa do Kremlin informou que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou decreto de revogação da moratória de venda dos sistemas S-300 ao Irã.

Nesta terça-feira, o secretário do Conselho de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamkhani, revelou à agência RIA Novosti que Teerã pretende retirar o processo contra a Rússia, assim que os S-300 forem entregues. Segundo suas previsões, isso aconteceria no final deste ano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала